segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O perigo dos "Antitóxicos"


Recentemente assisti a uma brilhante palestra da Prof Christine Martins,da UnB,sobre hepatopatias em felinos,na qual alertara sobre a armadilha que muitos clínicos caem: o conto dos "antitóxicos",aqueles polivitamínicos que prometem verdadeiros milagres,mas que na verdade,são completamente contra-indicados em distúrbios hepáticos,principalmente os tóxicos.
Um felino hepatopata,seja crônico ou agudo,é um paciente de risco,qualquer medicação ou procedimento deve ser subsidiado por artigos e pesquisas sérias e de muita responsabilidade.A "onda" dos antitóxicos adveio da medicina humana,onde vários produtos são o topo da lucratividade de vários laboratórios,mas de uma inocuidade e até mesmo malefícios impressionantes.
A maioria destes medicamentos veterinários são compostos por vitaminas do complexo B,carboidratos e a METIONINA.Esta ,em um fígado normal, é fundamental para a atividade hepatocelular,porém em um orgão já insuficiente ou doente se transforma em um tóxico.
A explicação para essa duas facetas da metionina está em seu metabolismo e ação nos hepatócitos.A metionina é fundamental para a formação do SAME(S-AdenosilMetionina).Este é
imprescindível para o metabolismo normal de todas as células do organismo,mas com importância ainda maior nos hepatócitos.É responsável por reações de metilação,trans-sulfuração e aminopropilação.Por essas reações o fígado é capaz de metabolizar a maioria dos compostos,como medicamentos,tóxicos,hormônios;pela metilação ele forma fosfolipídeos e outros componentes de membrana,além de aminoácidos,proteínas e neurotransmissores.O SAME é o precursor do Glutation,um poderoso anti-oxidante intra-celular,responsável pela proteção contra vários tipos de injúrias celulares.
O grande problema é que para ocorrer essa transformação da metionina em SAME é necessária a catalização pela enzima Adomet-sintetase, e esta enzima está inibida em quadros de intoxicação aguda ou insuficiência hepática crônica.Portanto, a suplementação com metionina nestes casos só piora o quadro,podendo levar o animal a uma encefalopatia hepática,pois não há como metabolizá-la.A indicação é usar o próprio SAME e não a sua precursora.
O que mais me assusta é a quantidade de medicamentos veterinários à base de metionina e com indicação para intoxicações,danos hepáticos e até processos infecciosos.Enquanto que o SAME e outros fármacos como a Silimarina, podem ser encontrados no exterior,com preparação veterinária,prontos para o uso em nossos pacientes.
Portanto,nada de" colorir" os fluidos da terapêutica em nossos pacientes felinos,eles agradecem!



26 comentários:

  1. Muito bom o post
    Parabens
    gostaria de saber em formulação encontro SAME(S-AdenosilMetionina) e dosagem para felinos
    desde ja obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encontra na droga vet, estou dando p meu dog.

      Excluir
  2. Finalmente alguém levantou uma questão tão importante.Parabéns!Excelente.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post. Bom saber disso... =)

    ResponderExcluir
  4. Olá Dr. Reginaldo. Confesso que para mim, leigo no assunto, foi difícil entender o texto na primeira lida. No mês passado, uma gatinha minha foi levada pra emergência com suspeita de intoxicação. Foi sedada e foi feito a introdução de um tubo fino de plástico na narina e levado até o estômago. Depois foi introduzido um tipo de carvão (mineral). Realmente não sei se ela foi intoxicada, mas ela viveu e foi constatado no exame de sangue dela Hemobartonela. FEz o tratamento de um mês tomando de 4 em 4 dias injeção. Agora tenho que levá-la para consulta e saber o final do tratamento. Lendo este seu post fiquei temeroso de levá-la na mesma clínica. O que sugere? Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. O SAME pode ser necontrado me algumas farmácias de manipulação,como a Drogavet.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. A metionina para ser tóxica para gatos deve ser fornecida em dose superior a 2000 mg/kg (exceção para gatos com lipidose hepática). Alguém conhece um produto com tamanha concentração?! Há também um produto veterinário que associa silimarina e DL-metionina, chama-se HepatoPharme (Nutripharme). Para um gato de 2 kg se intoxicar com a DL metionina deste produto, ele deve ingerir 100 comprimidos (sendo que a dose é de 1 a 3 comprimidos por kg). "A diferença entre o veneno e o remédio é a dose".

    ResponderExcluir
  7. Gabi,não disse que a metionina é tóxica para gatos.Em nenhum momento falei no texto.O problema é usá-la em hepatopatas.Nestes casos não interessa a concentração do medicamento,o risco existe e como falei é de se estranhar a indicação desses produtos em quadros em que cujos animais não se beneficiam com a metionina.Não é a toa que um laboratório veterinário conhecido já lançou um produto sem metionina.
    Obrigado pelo comentário,bem diferente.

    ResponderExcluir
  8. Olá belo post. Gostaria de fazer uma contribuição. A enzima Adomet sintetase não está totalmente inibiba em casos de intoxicação hepáticas, e os gatos hepatopatas agudos respondem de forma positiva a baixas doses de metionina. Isto deve ser levado em consideração faça o comparativo do elevado custo de um tratamento com SAMe. O maior problema está na formação de mercaptanas intestinais pelo excesso de suplementação de metionina oral porem elas não ocorrem em dosagem baixas. Os antitóxicos de uso humano possuem concentração alta de metionia. Os Laboratórios Veterinários estão de parabéns em desenvolver produtos para o nosso seguimento. Abraços e Boa semana.

    ResponderExcluir
  9. Estou realizando um experimentos em conjunto com uma universidade, com vários estudo de casos que devemos finalizar ainda este ano. Doses baixas de metionina via oral combinadas com silimarina, deram uma qualidade de tratamento igual a SAMe combinada com silimarina. Com um custo de tratamento muito mais barato. Abraços e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  10. Olá Reginaldo,

    O laboratório que lançou um produto sem metionina por ser "tóxica" para gatos hepatopatas é o mesmo laborório que comercializa um produto para HEPATOPATAS, QUE CONTÉM METIONINA, inclusive com indicação para FELINOS. O laboratório é incrivel, só não entendo o porque destes argumentos contraditórios (talvez questão comercial?). E no texto anterior que eu escrevi eu quis dizer que não é tóxica para gatos hepatopatas se administrada nas concentração ideais, muito pelo contrário, é extremamente benéfica!!!
    De qualquer forma, não me baseio apenas em trabalhos publicados, mas também nos resultados práticos, que estão sendo incríveis com o HepatoPharme que citei. Podemos trocar alguns trabalhos e relatos de casos clínicos, o que você acha?!
    Cris, muito legal a sua contribuição! Todos os hepatoprotetores "famosos" da linha humana contém metionina em sua composição.. silimarina + metionina era o que faltava no segmento veterinário!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  11. Com certeza quero trocar informações com você Gabi.Baseado em resultados práticos eu tenho sido mais feliz com o SAME do que a metionina,questão de conduta associada a bibliografia.Não gosto de citar nome de produtos e nem laboratório,para não gerar idéia de vínculo algum.
    Agradeço a sua participação e a gente pode trocar idéia por email,ou conforme achar melhor.Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!! Muito boa postagem, realmente esclarecedora, até mesmo os comentários tem sido bem importantes.

      Sem citar nome de produtos como destacou o Reginaldo, gostaria de fazer uma pergunta.

      Eu utilizo um medicamento humano, tanto em cães quanto em gatos, tento bons resultados já a algum tempo com a seguinte formulação, L-Arginina, cloridrato 750 mg L-Ornitina, aspartato 200 mg L-Citrulina 50 mg. O que acham desta composição? Existe algum componente potêncialmente tóxico para felinos?

      Obrigado!!!

      Excluir
  12. O que é mais indicado para um gato idoso (18 anos) com cirrose hepática (ALT 257) e renal crônico controlado? Silimarina ou SAME?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLÁ, TEM UM PRODUTO DO LABORATÓRIO SYNTEC QUE É A LINHA VETERINÁRIA DO LABORATÓRIO CRISTÁLIA QUE TAMBÉM COMPROU O LABOARTÓRIO SANOBIOL HÁ QUASE 3 ANOS. ELE SE CHAMA SUPREGATOS. JÁ OUVIU FALAR? ELE NÃO TEM METIONINA, PODE SER USADO ORAL (DIRETO A BOCA OU SUJAR A PATINHA DO GATO)OU SONDA NASOGÁSTRICA. INCLUSIVE SERVE PARA FAZER EM GATOS DIABÉTICOS, POIS NÃO POSSUI GLICOSE. SE QUISER EU MANDO MATERIAL SCANEADO PAR VC. ENTRE EM CONTATO: SPAISVET@GMAIL.COM

      Excluir
  13. Muito interessante a discussão, ainda mais no caso de uma conduta que é feita de forma indiscriminada por alguns médicos veterinários. Mas o ideal para se fazer esse tipo de discussão é sempre estar embasado na literatura especializada, no caso o raciocínio é claro, mas sem o embasamento científico a gente fica meio que sem sair do lugar, não é mesmo ?

    ResponderExcluir
  14. Dr. Reginaldo,
    A metionina é tb tóxica para cães? Para minha poodle de 12 anos foi recomendada SAME 62 mg a cada 24 hs em jejum. As taxas de ALT, AST, triglicerideos estão alteradas, há dois anos. Ela ainda não começou a tomar. Pode fazer mal?
    Muito obrigada.
    Mirtô (Brasília)

    ResponderExcluir
  15. Minha gatinha ficou doente levei ao veterinário e ele viu que o pâncreas estava um pouco aumentado, disse que poderia ser principio de pancreatite, ele receitou ampicilina 2 ml a cada 8 horas por 7 dias + benzoilmetronidazol 2ml por 10 dias(os dois de uso humano)

    Estou fazendo o tratamento e ela já melhorou!

    Porém pediu para mandar manipular silimarina 280 mg e dar para ela um comprimido a cada 24 por 60 dias.
    O laboratório me mandou os comprimidos que são enormes , hoje fui tentar dar o primeiro comprimido para ela , ela não aceitou. Tentei abrir as capsulas e colocar na comida que ela mais gosta, também não deu certo, quando insisti colocando na boca dela um pouco da comida com o remédio ela começou a babar e passou mal.
    Será que essa dosagem esta certa, coloquei um pouco na minha língua e percebi que ficou dormente , estou preocupada em dar isso para minha gAtinha!
    O que faço?

    ResponderExcluir
  16. olá doutor Reginaldo,li a reportagem e fiquei confusa.Minha cachorra tem 14 anos e está com as enzimas d fígado alteradas a taxa do exame ALT(TGR) de 21,0 a 73,0 deu 508,0
    Ela está tomando o same 100mg uma vez por dia,e 5mg dometicorten tb 1vz ao dia.
    ainda faz uma semana,mas ela não melhorou...está mt indisposta,perturbada,fraca.Está comendo porque eu fico em cima.ESTOU MT PREOCUPADA,O QUE DEVO FAZER??ESTÁ CERTO ESSE TRATAMENTO???

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Tenho uma gatinha diagnosticada com Miotonia Congênita, que faz uso de Fenitoína com Diazepam. Mas a cada 15 dias (aprox) ela deixa de comer, vomita, e segundo a Vet dela, o motivo seria uma intoxicação por medicamentos. Ela aplica uma injeção com medicamento hepatoprotetor e ela melhora.
    Gostaria de dar a ela algum Hepatoprotetor de primeira linha. O Legalon não ajuda muito...ela toma diariamente.
    Seria disso que estamos falando nesse post ? Produtos hepatoprotetores para gatinhos que tomam muitos remédios ?
    Agradeço o retorno e desculpo-me antecipadamente caso não tenha entendido bem....

    ResponderExcluir
  18. Prezado Dr Reginaldo, li seu artigo e achei muito interessante!
    Adotei um felino SRD há uns 2 meses com diagnóstico ao exame físico de: eporotricose (a cultura não cresceu o fungo específico). FIV/FELV negativo. Ficou internado 5 dias para reabilitação pois estava desidratado e com pneumonia. Saiu com medicação para esporotricose: ITL 100 mg e Iodeto Potássio 100 mg, até cura das lesões; na consulta de rotina bioquímica normal e obteve melhora substancial nas lesões.
    No exame mais recente não houve alterações de enzimas hepáticas e creatinina normal, proteína total e frações já normalizadas, além de hemograma completo também normal. PNM tratada. Rações de uso: Royal canan ou Proplan e para fazer a medicação - Ração úmida A/D. Desta vez somente a ureia estava abaixo do padrão para a espécie. Indicou um hepatoprotetor manipulado a base de silimarina 150 mg (peso atual do gato:5,5 kg), a minha dúvida é a seguinte: Fará diferença este hepato-protetor neste caso?
    Obrigada
    Att
    Dairise

    ResponderExcluir
  19. Reginaldo!
    Sorinho colorido já vi matar muito gatinho!

    adorei o post!
    Bjs Raquel

    ResponderExcluir